Serviços

Análise de Vibração

A análise de vibração, como o próprio nome diz, visa analisar as variações nas vibrações das máquinas. Ao avaliar alguma alteração nela, é possível prever problemas que podem vir a ocorrer no desempenho dos equipamentos, além de determinar quais peças que necessitam de manutenção.

Outra função dessa análise é para que os especialistas consigam melhorar as condições de trabalho das máquinas. Portanto, ela é de fundamental importância dentro do conceito de manutenção preditiva, já que avalia de forma eficiente as condições dos equipamentos e, consequentemente, evita defeitos e falhas inesperadas.

 

Como a vibração pode determinar uma possível falha?

Todas as máquinas emitem uma vibração quando estão em funcionamento. No entanto, ao ultrapassar um certo limite, é possível determinar através da análise se aquela vibração irregular está diretamente relacionada a algum defeito.

Portanto, a análise de vibração nada mais é do que o processo pelo qual as falhas nos componentes dos equipamentos são descobertos através da taxa de variação das forças dinâmicas geradas.

Cada irregularidade na vibração indica um problema a ser corrigido: desbalanceamento, folgas mecânicas, eixo empenado, defeitos no rolamento, problemas na lubrificação, falhas elétricas, engrenagens defeituosas, falhas em polia, desalinhamentos etc.

Além disso, a análise de vibração também contribui para evitar o desperdício de energia e desgaste nas peças. Isso porque cada componente possui diferente tipos de frequências, estas são isoladas e identificadas em sua particularidade.

 

Como é implementada?

Sensores são colocados em pontos estratégicos das máquinas, transformando as vibrações em sinais elétricos, que por sua vez são encaminhados para aparelhos registradores de vibrações. Os dados coletados serão analisados por um profissional capacitado, que avaliará se há algum problema ou não naquele equipamento.

Para a implementação da análise de vibração, primeiro é avaliada qual máquina deve ser monitorada. Logo em seguida, é feito um cadastramento dela no sistema de monitoramento, definindo as faixas de medição, parâmetros utilizados e a frequência de coleta dos dados.

Em um terceiro momento é definida uma rota para a coleta de dados de acordo com as máquinas e equipamentos definidos e há um acompanhamento nos dados coletados. Depois é emitido um relatório com as condições das máquinas e equipamentos, mostrando potenciais defeitos e recomendações para corrigi-los.

 

Tipos de análise de vibração

Medidor de vibração de nível globa sem filtro: são instrumentos capazes de medir o valor global da vibração em larga frequência.

Medidor de vibração com análise de frequência com filtro: Idêntico ao anterior, exceto que o nível medido demonstra a vibração dos componentes mais importantes para serem monitorados.

Analisadores de frequência: utilizado em casos com a largura do filtro é muito estreita, o analisador de frequência é capaz de executar a Transformada de Fourier em um sinal randônico, periódico ou transitório.

 

Benefícios das análises de vibração

Ao realizar este procedimento, há uma redução nos custos de manutenção, já que é possível prever quando é necessário a intervenção de manutenção, além do já citado prolongamento da vida útil dos componentes.

Some isso ao aumento da eficiência das intervenções de manutenção, aumento da disponibilidade dos equipamentos, ampliação da confiabilidade operacional e redução no curso de conversão.

A manutenção preditiva baseia-se na avaliação do estado da máquina com inspeções de rotina. Com isso, elimina-se o desperdício de peças, diminui-se os estoques associados, aumenta a eficiência nos reparos, reduz ou elimina problemas e aumenta a disponibilidade das máquinas. Portanto, ela é excelente na questão de custo-benefício, já que dependendo da indústria, os custos com a manutenção representam até 30% dos investimentos da empresa.

De acordo com um estudo realizado pela Plant Performance Group avaliando 500 fábricas dos Estados Unidos, Canadá Grã-Bretanha, Fança e Austrália, foi concluído que a manutenção preditiva aumenta os lucros de 25 a 60%, a produtividade de 20 a 30%, aumento na vida útil das máquinas em até 40%, reduz em até 50% as horas extras para manutenção, reduz o tempo em paradas das máquinas e os custos gerais em até 80%.

Portanto, em um mercado cada vez mais competitivo, a manutenção preditiva e, consequentemente, a análise de vibração, acaba sendo uma poderosa ferramenta para o monitoramento da condição

Copyright © 2018 - ENGMAN - Engenharia de Manutenção - Desenvolvido por Construsite Brasil - Criação de SitesAssinatura da Construsite Brasil